Translate

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Resenha: Carmim, de Catarina Muniz



Resenha:


Carmim
Catarina Muniz
Ebook Amazon



 Até onde o amor pode nos levar? Em que veredas o ser humano pode se “embaraçar” por amor? Este romance erótico de Catarina Muniz nos leva a estas discussões. A autora apresenta um tema polêmico, como, aliás, é bem de seu feitio (Não é mesmo, Catarina?), fazendo com que essa nova obra nos leve à reflexão e nos faça baixar as guardas do preconceito.
Carmim é a história de Louis Datelli, um jovem publicitário ítalo-americano, que encontra no bolso do paletó de seu, recentemente falecido, uma carta. Ali ele descobre que o avô possuía uma amante, de quem se separou há anos. Movido pela curiosidade e, no fundo, pelo medo de que essa amante, que tem uma filha, venha a procurar sua família, tradicional, reclamando uma parte nos bens, Louis começa uma busca. E ele a encontra! Carmem, uma dentista linda e fogosa, tem um consultório em Atlanta e Louis vai até ela, na esperança de saber mais sobre essa mulher e sua mãe. É então que ele descobre que a amante do avô já é falecida. No entanto, ele se vê total e irremediavelmente atraído por Carmem, cujos cabelos vermelhos e olhos verdes o fascinam, o excitam. Enlouquecido de amor e desejo, Louis se deixa levar pela crescente paixão, deixando de lado um fato perturbador: Carmem é sua tia. A partir daí a vida se torna mais e mais complicada, pois ele não conta a ela quem ele realmente é, enquanto Carmem, que fora para os Estados Unidos com o objetivo de encontrar seu pai, continua em busca de sua identidade e da verdade sobre o relacionamento de seus pais.
 Carmim é uma trama sensual, avassaladora, que ao mesmo tempo em que nos embevece, nos surpreende e nos coloca em um corda bamba, fazendo com que ultrapassemos as linhas tênues do preconceito e nos tornemos verdadeiramente humanos, encarando a natureza humana em seu mais puro estágio. É um livro sagaz, que fala sem rodeios de um relacionamento dito “proibido” pela sociedade. Um livro que mostra como um homem, quando realmente ama, é capaz de ultrapassar as mais difíceis barreiras para ter o amor de uma mulher. Carmim, além de tudo, é um livro desafiador, que pede nosso distanciamento dos preconceitos para que possa ser bem lido e compreendido, onde se deve deixar o “certo” e o “errado”, de acordo com as concepções generalizadas, de lado e olhar a trama “de fora”.
 Recomendo muito, pois realmente vale a pena ler. Eu o li em um dia, pois a narrativa é fácil e objetiva, como é o estilo dessa incrível autora Catarina Muniz.

Um comentário:

  1. AMEEEEEIIIII!!! Obrigada pela resenha e por mais uma vez apoiar o meu trabalho. Significa MUITO pra mim. <3

    ResponderExcluir

Arquivo do blog