Translate

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Resenha - Sedução da Seda



Sedução da Seda
As Modistas - 1 
Loretta Chase
Arqueiro



 Marcelline Noirot é uma mulher ambiciosa. Ela, junto com suas irmãs Sophia e Leonie, é proprietária da Maison Noirot e confecciona lindos vestidos para damas da sociedade londrina dos idos anos 1800 e deseja ter cada vez mais prestígio. Para isso, almeja ter a atenção de Lady Clara Fairfax que, diz-se, seria a futura noiva de Gervaise Angier, o sétimo duque de Clevedon. Para isso Marcelline se desloca até a França, onde procura chamar a atenção do mesmo para que ele convença Clara a ser sua cliente, o que consegue, devido à sua beleza, elegância e educação, mesmo sendo uma mulher voluntariosa. Só que o duque se mostra muito atraído por ela e seu coração também começa a fraquejar diante daquele homem poderoso e atraente, cujos olhos verdes a fascinam. Enfim, um turbilhão de sentimentos envolve os dois e põe em risco os planos de Marcelline.


 Sedução da Seda é um romance de época, o primeiro volume da série As Modistas,  muito agradável de se ler. Uma leitura fácil, onde a autora nos leva ao sonho, falando de vestidos, carruagens, amor e sexo de uma forma apaixonante e nada chocante ou constrangedora.

 Confesso que sentia um pouco de saudade desse tipo de romance, onde a protagonista é envolta em uma série de acontecimentos que levam a crer que seu amor é impossível e o ser amado é um gentleman impetuoso que faz tudo por ela. Marcelline e Gervaise vivem discutindo, cheios de “picuinhas” um com o outro, no entanto podemos notar a afeição que começa a existir entre os dois, uma cumplicidade natural que nos faz rir ao invés de acahr que tudo vai mal.

Loretta Chase
 Sinto-me ansiosa à espera dos próximos volumes Escândalo de Cetim, Volúpia de Veludo e Romance entre Rendas. Que venham logo, pois este primeiro volume é incrível!



Sobre a Autora:



Loretta Lynda Chekani nasceu em 1949 numa família albanesa. Assim que aprendeu a escrever, passou a pôr no papel as histórias que inventava. Formou-se em inglês pela Clark University, onde trabalhou meio período como professora, ao mesmo tempo que escrevia roteiros. Foi quando conheceu um produtor que a inspirou a publicar suas histórias. Os dois acabaram se casando. Com o sobrenome do marido, Loretta Chase vem publicando romances históricos desde 1987, pelos quais ganhou vários prêmios, inclusive o RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, por O Príncipe dos Canalhas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário