Translate

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Sinopse:


Encanto Mortal
Sarah Cross
Verus Editora


Aniversários, terríveis e deliciosas ocasiões para quem vivia em Beau Rivage. Quando o relógio badalava meia-noite, os presentes davam lugar à magia.
Maldições floresciam.


Garotas mordiam maçãs ácidas em vez de bolos de aniversário, engasgavam-se nas lascas vermelhas e brancas e caiam em um sono encantado. Inconscientes sob dosséis trançados como teias de aranha, congeladas dentro de caixões de vidro, esperavam o príncipe aparecer. Ou ludibriavam ogros, faziam escambo - trocando sua voz por amor - , dançavam até rachar seus sapatinhos de cristal.
Um príncipe a acordaria, inflamado pela promessa de amor verdadeiro, e descobriu que teria de destruir uma bruxa. Roubar um coração. Arrancá-lo de sua caixa rorácica, onde ficava protegido por um veludo sangrento, e entregá-lo à rainha que exigiria a morte da princesa.
Garotas se tornavam vítimas e heroínas.
Garotos se tornabam amantes e assassinos.
E às vezes... tornavam-se ambos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog