Translate

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Resenha:

Sete Vidas
Mônica e Monique Sperandio
Editora Underworld

 Antes de qualquer coisa, um esclarecimento. Eu fiz esta resenha primeiramente para o Blog Falando de Livros (que agora parece ser um Site), de Dandara Holanda.



Mônica e Monique Sperandio
Sete Vidas é um livro ingênuo. Isso me fascinou porque leio tantas coisas totalmente ousadas, mas nem por isso fantásticas, que esqueci como seria ler algo puro e naïf.
 Conheci as gêmeas Sperandio na Bienal Unternacional do Livro em 2011 no Rio de Janeiro, quando lançavam esta sua obra. Por sua vivacidade e vontade de contar histórias, adquiri o livro e não me arrependi
Ele conta a histórial de Aprilynne Hills, uma orfã que vive no orfanato Joy Lens. Reconhecida encrenqueira, ela se une às amigas Clarire e Kaleigh em avebturas inocentes até que, por um descuido e maldade de outra menina, é ameaçada de tranferância. Só que April começa a sofrer hiatros de memória, desmaios , onde "sonha" com a jobem Deusa Bastet, uma jovem infeliz que está sendo obrigada a se casar com um homem que não ama, sendoapaixonada por outro. Nessas idas e vindas April descobre que não está realmente só no mundo e se envolve em uma trama que vai levá-la a um caminho onde a cobiça leva à morte,descobre em si poderes que não entende e encontra o amor. 
 Realmente este livro merece uma continuação, ele pede por uma, afinal para que ter "Sete Vidas" se apenas uma aventura for aproveitada?
  
 Frequentemente digo às irmãs Sperandio que aguardo com ansiedade seu próximo trabalho que pretendo ter a honra de anunciar aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog